sexta-feira, 24 de março de 2017

A entrega do encontro é mágica…





… é o momento da reunião, do enlace, do amor… é quando duas pessoas querem que aconteça o mimo… na descoberta do outro… no pormenor que resulta prazer, entrega, união… é o sorriso da cumplicidade… o clímax da paixão feliz…


quinta-feira, 23 de março de 2017

Gosto





...de momentos dedicados aos sentidos… oferecidos à pele… ao mimo do instante saboroso… num guloso prazer de paixão… prolongado pelo beijo molhado de desejo… pelo toque intenso de oportunidade sedutora… e pela carícia perfumada de amor…

segunda-feira, 6 de março de 2017

Gosto de




luzes ténues proporcionadores de ambientes mágicos, em jogos de luz e sombra leves, de tonalidades e personagens do misticismo envolvente que atrai pela interioridade do desejo… 
da curiosidade em conhecer, explorar e alcançar e onde o toque é agraciado pela pele… 
na resposta do outro, à ausência de luz, à ânsia do momento… 
ao fogo dos sentidos… 
à entrega imediata sem pensar no depois....




sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Tocas o meu corpo com a suavidade dos teus dedos.




Apontas para caminhos desconhecidos e sem saída. 
Fico em modo suspenso e posso jurar que me perco, que me perco para sempre no toque suave dos teus dedos. 
Caminhas sobre a minha pele com a ajuda da única bússola que me reconhece. 
Unimos as mãos para me manteres na terra. 
Sussurras os sonhos que vivo loucamente!!!


quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Momentos



          Aquele instante antes da vontade ser pecado.
          Aquele instante que antes da espera já se quer.
          Aquele instante que antes de tocar já se sente.
          Aquele instante que te perdes sem respirar.






terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Há quem escreva melhor que eu...


"É também o que eu saboreio no Amor, em todas as formas de Amor: saboreio a presença física, saboreio o presente e o corpo. Sim, os homens são como crianças grandes. Partem, e eu não os retenho. São livres - tomam liberdades, não há Amor, só há provas de Amor, não é? O corpo é a única prova de Amor - ou não. Não é a única: os homens livres podem partir, e por vezes ficam.
Eis a mais bela prova de Amor: assumir a liberdade de ficar quando se poderia partir."

In Naqueles Braços de Camille Laurens

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

É urgente fazer amor



Quero sentir-te
Quero estar contigo
Sentir a humidade da tua língua no meu corpo
Sentir as tuas mãos a penetrar nos meus sentidos
Quero que me deixes louca
Faz-me delirar de prazer
Faz-me tua loucamente
Mostra-me todo a tua sabedoria
Ensina-me a ser feliz